Relógios de origem Russa: Que pensar?

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Dom Fev 10, 2013 10:38 pm

Em princípio paga-se o IVA do país onde se estoura o dinheiro Laughing Eu compro muita coisa online (sem tempo na paciência para andar em lojas) e é sempre assim dentro da UE... excepto na Amazon.co.uk onde acrescentam a diferença do nosso IVA... sempre gostava de saber o que fazem depois com esse dinheiro, aposto que não o mandam para cá...

Sem medo em relação ao cumprimento de garantia e etcs nos dois vendedores russos que referi. São ambos representantes oficiais (a Meranon, como disse, é a própria fábrica) e o que eles fazem se um relógio vier estragado é exactamente o mesmo que a Irina na Alemanha faz... substituem por outro em stock e mandam o primeiro de volta para a fábrica.

Em termos de possíveis taxas, o cálculo assim a olho é mais 30% sobre o preço do produto mais portes. E convém mandar tudo vir tudo por correio normal... serviços expresso tipo DHL, UPS, etc fazem negócio também com a coisa de desalfandegagem (é muitas vezes mais um valor a pagar na altura de entrega), por isso espetam com tudo direitinho na Alfandega para verificação. E termos da minha experiência, tudo o que vem por transportadoras privadas em serviço expresso é 95% das vezes taxado pela Alfandega. Tudo o que vem de leste por correio normal... diria que aí umas 20 a 30% das vezes. Tudo o que vem por correio normal dos Estados Unidos ou Canadá... 100%. Nunca passou nada.
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Seg Fev 11, 2013 9:56 am

Bom dia a todos!

Curiosamente, os itens que comprei fora do espaço europeu, vieram através de operador privado, no caso, Fedex, e correu tudo muito bem...muito rápido, "segue-se" o objecto quase ao minuto e passou ao lado Wink Wink , mas a possibilidade de ser de forma diversa é muito provável...

A propósito, pesquisei no site http://chistopolcity.com/ e, no acto da encomenda do relógio, no caso dos Amphibia, (não vi outros) até dá para escolher o bisel (três modelos diferentes) !! Esta loja é da fábrica ou simplesmente revendedor autorizado?

Cumprimentos,
João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Paulo Girão em Seg Fev 11, 2013 10:49 am

Olá

Peço desculpa na intromisão.

Comprei bastante material na Holanda, também por ser espaço europeu e todo o material ficou retido na Alfandega desde 26-12-2012 até salvo erro 22-01-2013.
Mais ainda, tive de pagar impostos Alfandegários... Claro que reclamei no momento e não fui atendido cá... Ou seja cá tive de pagar, tudo porque e apesar da firma ter registo e morada Holandesa, quando eles colocam a embalagem no correio vem com o registo da Suisse post Mad Exclamation

Pimba, paga taxa... Nem a factura serviu de argumento, nem a indicação do remetente na embalagem demoveu a compreensão.

Claro que por vezes passa, mesmo até de outros países... Mas!! volta e meia "pimba"

Bem hajam
Paulo Girão
avatar
Paulo Girão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 13/12/2012

Ver perfil do usuário http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Seg Fev 11, 2013 1:30 pm

Situação no mínimo revoltante!
Aí se vê que somos europeus de 5ª categoria!

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Paulo Girão em Seg Fev 11, 2013 2:54 pm

Martinho escreveu:Situação no mínimo revoltante!
Aí se vê que somos europeus de 5ª categoria!

5ª? Apenas um ponto acima da Grécia (pelo que oiço)... Porque na prática não sei não Crying or Very sad
avatar
Paulo Girão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 13/12/2012

Ver perfil do usuário http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Seg Fev 11, 2013 4:30 pm

Paulo Girão escreveu:Olá

Peço desculpa na intromisão.

Comprei bastante material na Holanda, também por ser espaço europeu e todo o material ficou retido na Alfandega desde 26-12-2012 até salvo erro 22-01-2013.
Mais ainda, tive de pagar impostos Alfandegários... Claro que reclamei no momento e não fui atendido cá... Ou seja cá tive de pagar, tudo porque e apesar da firma ter registo e morada Holandesa, quando eles colocam a embalagem no correio vem com o registo da Suisse post Mad Exclamation

Pimba, paga taxa... Nem a factura serviu de argumento, nem a indicação do remetente na embalagem demoveu a compreensão.

Claro que por vezes passa, mesmo até de outros países... Mas!! volta e meia "pimba"

Bem hajam
Paulo Girão

Pois, mas isso aí não se aplica... o que interessa é de onde vem. Esse é o cuidado a ter por exemplo no ebay. Há muitas empresas e vendedores registados por exemplo no Reino Unido, mas as coisas vêm de Hong Kong. E como o que interessa é de onde vem, independentemente da factura e registo da empresa, como diz o Paulo... pimba! Não sei bem a razão legal mas provavelmente tem a ver com a questão da facturação e verificação da mesma, porque se o negócio real é feito fora, não há forma de controle. É como aquelas coisas que vêm da Ásia marcadas com um preço de $30 ou $40. Isso fica abaixo do valor de aplicação de taxas e imposto e, por isso, devia logo passar. Mas eles sabem bem que geralmente é aldrabice e pedem o comprovativo de venda (o recibo do paypal e tal). Eles taxam é o consumidor final, não a empresa que está longe.

Esse material que mandou vir, pelo que entendo, veio da Suiça, por isso... pimba! É que nem dá para reclamar, como verificou. A reclamar era com a empresa Holandesa que devia saber e avisar que os potenciais custos seriam maiores porque o material não vinha de lá.

O maior susto que apanhei foi de um Citizen que mandei vir de Singapura. Vinha marcado muito abaixo do preço e a Alfandega, embora me tenha sabido mal, até esteve bem. Mandou cartinha para casa a dizer "Retido por suspeita de contrafacção". Acho muito bem. Assumiram que o preço era o que era, sem interpretações de que é contorcionismo e, sendo esse o preço, o relógio tinha que ser obviamente falso. Pediram a facturinha e ficou à espera de vistoria de um "perito". O susto foi aqui porque o modelo tinha acabado de sair e era só do mercado asiático (Japão, Malásia, Singapura e HK) e estava mesmo a ver a chegar lá um retalhista qualquer, que tanto pode vender relógios como tremoços, a olhar para aquilo e dizer "Não conheço esse modelo, não existe".

No mínimo, o que se seguia era eu ter de pagar a destruição do relógio. No máximo, cartinha de advogado da Citizen em Portugal ou Espanha ou lá onde estarão baseados, com acordo de desistência do negócio com condição de indemnização da marca. Ás vezes acontece a quem manda vir coisas falsas, e não é pouco, sempre para cima de €500. E fica mais barato que seguir para tribunal, pagar custas, perder tempo, pagar advogado, etc.
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Paulo Girão em Seg Fev 11, 2013 5:51 pm

Kutusov escreveu:
Paulo Girão escreveu:Olá

Peço desculpa na intromisão.

Comprei bastante material na Holanda, também por ser espaço europeu e todo o material ficou retido na Alfandega desde 26-12-2012 até salvo erro 22-01-2013.
Mais ainda, tive de pagar impostos Alfandegários... Claro que reclamei no momento e não fui atendido cá... Ou seja cá tive de pagar, tudo porque e apesar da firma ter registo e morada Holandesa, quando eles colocam a embalagem no correio vem com o registo da Suisse post Mad Exclamation

Pimba, paga taxa... Nem a factura serviu de argumento, nem a indicação do remetente na embalagem demoveu a compreensão.

Claro que por vezes passa, mesmo até de outros países... Mas!! volta e meia "pimba"

Bem hajam
Paulo Girão

Pois, mas isso aí não se aplica... o que interessa é de onde vem. Esse é o cuidado a ter por exemplo no ebay. Há muitas empresas e vendedores registados por exemplo no Reino Unido, mas as coisas vêm de Hong Kong. E como o que interessa é de onde vem, independentemente da factura e registo da empresa, como diz o Paulo... pimba! Não sei bem a razão legal mas provavelmente tem a ver com a questão da facturação e verificação da mesma, porque se o negócio real é feito fora, não há forma de controle. É como aquelas coisas que vêm da Ásia marcadas com um preço de $30 ou $40. Isso fica abaixo do valor de aplicação de taxas e imposto e, por isso, devia logo passar. Mas eles sabem bem que geralmente é aldrabice e pedem o comprovativo de venda (o recibo do paypal e tal). Eles taxam é o consumidor final, não a empresa que está longe.

Esse material que mandou vir, pelo que entendo, veio da Suiça, por isso... pimba! É que nem dá para reclamar, como verificou. A reclamar era com a empresa Holandesa que devia saber e avisar que os potenciais custos seriam maiores porque o material não vinha de lá.

O maior susto que apanhei foi de um Citizen que mandei vir de Singapura. Vinha marcado muito abaixo do preço e a Alfandega, embora me tenha sabido mal, até esteve bem. Mandou cartinha para casa a dizer "Retido por suspeita de contrafacção". Acho muito bem. Assumiram que o preço era o que era, sem interpretações de que é contorcionismo e, sendo esse o preço, o relógio tinha que ser obviamente falso. Pediram a facturinha e ficou à espera de vistoria de um "perito". O susto foi aqui porque o modelo tinha acabado de sair e era só do mercado asiático (Japão, Malásia, Singapura e HK) e estava mesmo a ver a chegar lá um retalhista qualquer, que tanto pode vender relógios como tremoços, a olhar para aquilo e dizer "Não conheço esse modelo, não existe".

No mínimo, o que se seguia era eu ter de pagar a destruição do relógio. No máximo, cartinha de advogado da Citizen em Portugal ou Espanha ou lá onde estarão baseados, com acordo de desistência do negócio com condição de indemnização da marca. Ás vezes acontece a quem manda vir coisas falsas, e não é pouco, sempre para cima de €500. E fica mais barato que seguir para tribunal, pagar custas, perder tempo, pagar advogado, etc.

Caro Kutusov

A empresa é mesmo Holandesa (já trabalho com eles à bastante tempo) e a correspondência é remetida de lá.

É a segunda vez que estou a refazer esta mensagem... Ainda agora quando fiz enviar perdi tudo o que tinha escrito (e era muita informação)... tentarei abreviar um pouco Crying or Very sad

Resposta da empresa a uma das minhas questões:
Please just relax! Nothing is going on, let me explain:

The package with T&T number RYXXXXXXXCH (please use this site: http://www.post.ch/en/post-startseite/post-privatkunden/post-versenden/post-track-and-trace-uebersicht-pk.htm) has been shipped December 18th, so should arrive soon but could be a little delayed because of the holidays. If it takes too long, I?ll ask our shipper to start a trace, but we usually do this after 4 weeks.

We don?t ship from Switzerland, but from the Netherlands: our shipper is called Swiss Post. We have this misunderstanding a lot, Swiss Post is changing their name to Assendia to avoid this problem!


Hope I cleared the sky, please let me know if you?ve any questions!

Happy Holidays,
Charlie
[i]

A Alfandega tem conhecimento disto e faz "ouvidos moucos"... Se calhar até dá jeito.
Para mim foi muito chato, pois já tinha um negócio feito, mas devido às incertezas de quando receberia a encomenda para poder entregar o objecto, o cliente optou por desistir, pois ia para Espanha e era oferta (troca de oferendas é 6 de Janeiro se não estou em erro... ou seja dia de Reis).

Pronto!! N-ao Vos quero maçar mais... ponho-me para aqui a "falar" e depois!! Embarassed

Os meus melhores cumprimentos
Paulo Girão
avatar
Paulo Girão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 13/12/2012

Ver perfil do usuário http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Seg Fev 11, 2013 6:41 pm

Não maça nada Paulo, aliás acho que faz todo o sentido esta discussão de como funciona a Alfandega num tópico sobre relógios que muitas vezes se compram fora da UE e que, mesmo dentro, podem ter essas armadilhas.

Compreendi agora a questão e, de facto, é um bocado "porcalhote" da parte da Alfandega fazer isso. É por isso que depois ficamos todos contentes quando lhes conseguimos dar a volta. Vivi no Reino Unido por um período de tempo e lá não só há rectidão como também moral nos impostos, etc. O que acontece é que as pessoas compreendem e respeitam a necessidade e valor disso. Quando lá cheguei e perguntei ao fim de uns dias onde podia cortar o cabelo, um inglês disse-me assim... "Há dois em tal e tal rua, são ambos bons... mas vai antes ao primeiro que o outro é um bocado aldrabão, volta e meia não passa regista recibo...". É daquelas coisas que, para nós no Sul, é de ficar com o queixo no chão.

Claro que estas não são as razões todas mas são uma parte. Uma pessoa nem consegue falar com a Alfandega se houver qualquer problema... são meia duzia lá para um armazém a explodir. Quem atende ao público, pelo que descrevem, é a típica funcionária pública com emprego garantido que recebe o mesmo e acontece-lhe o mesmo quer faça 0 quer faça 100. E por defeito, toda a gente é tratada como espertalhão que deve estar a tentar dar a volta.

Quem não é, como no seu caso, e quem tem negócios que não podem ficar assim sem saber se recebem ou não mercadorias, quando e por quanto, fica imensamente prejudicado. É uma questão séria de Economia porque pode dar em se desistir de determinados negócios.

Ah, e já agora... eu disse acima que a regra de cálculo para comparar alguma coisa que vem de fora é mais 30%... nem isso é bem assim e nunca entendi a formula de cálculo. Felizmente a minha experiência tem sido sempre ao contrário... recebo uma coisa de €300 e carta da Alfandega, preparo-me para pagar €90/100 e recebo uma conta de €40. Claro que fico todo contente mas depois ponho-me a olhar para as formulas de cálculo e a achar que eles decidem aquilo com um dardo e um alvo... Laughing

avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Ter Fev 12, 2013 9:35 am

Bom dia a todos

A minha experiência com a alfândega é zero, mas atendendo às experiências acima relatadas, não restam dúvidas que é uma vergonha!!
Conheço uma pessoa que comprou, via E-Bay, dos Estados Unidos, (umas botas... Mad Mad vá-se lá saber porquê - se calhar trazem a etiqueta Made In Portugal) Very Happy Very Happy ), com um preço muito atractivo e tal... Bem, só de portes pagou quase tanto como custou o produto e... cartinha da alfândega!!
Pelo que sei, não pagou mais nada, acho que por ser uma compra de baixo valor, mas o tempo de espera foi uma coisa absolutamente absurda!!
Neste "ramo" - relógios - penso que ainda compensa mandar vir de fora, mesmo de países pertencentes à comunidade europeia, pois o mesmo item sai, por norma, bastante mais acessível...
Na minha opinião, em Portugal, reina o chico-espertismo, onde cada um tenta sempre enganar o outro... as nossas leis são feitas para servir os interesses - sim INTERESSES - de alguns e não a todos... Desculpem colegas, vou-me calar! Embarassed Embarassed Embarassed

Cumprimentos,
João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Ter Fev 12, 2013 2:49 pm

O problema das leis é esse, é como são usadas e interpretadas e aplicadas, etc. Ouço sempre dizer a quem entende de Direito que as nossas leis são bastantes boas, o problema depois é a nossa forma de ser. Só nos podemos queixar de nós mesmos...

Mas voltando ao tópico... eu talvez não consiga comparar bem preços de cá de dentro com o que vem de fora porque, regra geral, ou vem de fora ou cá não há. Mas quando há, e na pouca experiência que tenho nisto, fica sempre mais barato mandar vir de fora, mesmo com as taxas de aduaneiras e IVA. Já não sei onde referi a Pixmania, mas eu recebo newsletters deles porque um dia comprei um autorádio por lá. A certa altura eles tiveram tipo saldos que chegavam aos 50% de muitos relógios. Eu lembro-me de percorrer o catálogo dos que estavam em promoção e verificar que, mesmo assim, conseguia mais barato mandando vir de fora.

No caso de lojas físicas, também não é de espantar... uma loja online não tem custos com aluguer, funcionários, luz, manutenção, etc por isso tem possibilidade de margens muito maiores.

Depois existe a coisa de andar atrás de um relógio em particular... eu quando compro sei sempre o que quero comprar, não é uma coisa de ver na montra e entrar e levar. E quando é assim, o que haveria de fazer? Anadar de rua em rua, de shopping em shopping (onde só me metem a tiro), a ver se alguém tem esse modelo, sem poder comparar preços?

Acredito que assuste um bocado comprar online... por exemplo um relógio russo a vendedor ucraniano do ebay. Mas aqui a minha experiência é bem mais vasta. Nunca, mas nunca tive qualquer problema com vendedores do leste europeu. E o ebay é um excelente recurso para compras porque tem muitos mecanismos de protecção do comprador, para além de que os vendedores não têm interesse em enganar... se levam feedback negativo, as taxas que têm de pagar ao ebay por venda sobem vertiginosamente. O ebay é excelente para comprar, comparar preços, etc.

Já é um bocado pior para vender... Como os pagamentos convem que sejam via paypal (porque por transferência é menos habitual e quem poderia estar interessado tem mais receio), o dinheiro de uma venda só fica disponível a um vendedor ocasional quase um mês depois do comprador pagar. Isso para dar tempo ao comprador receber a nossa encomenda, verificar e reclamar se alguma coisa estiver mal.
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Ter Fev 12, 2013 3:10 pm

O problema das leis é esse, é como são usadas e interpretadas e aplicadas, etc. Ouço sempre dizer a quem entende de Direito que as nossas leis são bastantes boas, o problema depois é a nossa forma de ser. Só nos podemos queixar de nós mesmos."


Boa tarde

Caro Kutusov estou de acordo quando diz " como são usadas e interpretadas e aplicadas..."
Agora que são boas... a nossa lei não é explícita, não é taxativa, dá azo a muitas interpretações... se 20 pessoas lerem um qualquer artigo de um qualquer código, temos 20 interpretações diferentes... Isso, na minha opinião é mau!

Voltando ao tópico...Até agora, nunca tive qualquer problema em compras online, sempre correu tudo muito bem. Quando diz que os vendedores online têm que agir correctamente, sob pena de serem vendedores muito pouco tempo, concordo em absoluto!!
Como pago sempre através do Paypal, só por aí penso que existe alguma segurança.
Mas diga-me, há uns "posts" atrás coloquei a questão:
"A propósito, pesquisei no site http://chistopolcity.com/ e, no acto da encomenda do relógio, no caso dos Amphibia, (não vi outros) até dá para escolher o bisel (três modelos diferentes) !! Esta loja é da fábrica ou simplesmente revendedor autorizado?"
Que opinião tem?

Cumprimentos,
João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Ter Fev 12, 2013 3:30 pm

Por acaso nunca tinha visto o site deles, embora me lembre de já ter ouvido falar deles. Não são o tal outlet da fábrica, essa é a Meranon. Não só loja, mas também uma espécie de departamento comercial da Vostok. Obtem-se informação muito mais rapidamente (e relógios muito mais rapidamente) através deles do que da fábrica. Não sei como estarão as coisas agora, a Vostok parece ter conseguido dar a volta à crise de uns anos atrás em que esteve quase para falir.

Mas esta Chistopolcity está situados lá perto (perto de Christopol, seja lá o que isso quer dizer em termos russos...) e dizem que são revendedores oficiais. Também têm presença no ebay e o feedback é bom (100% em 777). Não teria qualquer problema em lhes comprar alguma coisa se os preços forem semelhantes aos do Zenitar ou Meranon. Só olhei para os novos 090 e esses são US$5 mais baratos do que na Meranon.

Parecem-me uma boa opção e têm em catálogo um Vostok que já não é muito fácil de encontrar... http://chistopolcity.com/product.php?id_product=374
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Ter Mar 05, 2013 4:12 pm

Boa tarde a todos

Apresento-vos o meu novo brinquedo, com bracelete nova (a de origem é... corta-pêlos!
A qualidade das fotos é deplorável Embarassed





Cumprimentos,

João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Iloper em Ter Mar 05, 2013 9:11 pm

esse relogio merece umas fotos melhores... Smile
avatar
Iloper
Admin

Mensagens : 277
Data de inscrição : 05/11/2012

Ver perfil do usuário http://fazedoresdetempo.maisforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Ter Mar 05, 2013 9:51 pm

É o autofocus da câmara a procurar o que está atrás e não o que está no pulso... fotos tiradas com algum telefone?

E sim, as braceletes de Vostok são melhores que depilação a cera... Shocked
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Qua Mar 06, 2013 9:35 am

Bom dia a todos!

Pois é amigos, efectivamente o menino merece melhores fotos... estas foram tiradas com o telemóvel e à pressa... bem mas a câmara que há lá por casa não é muito melhor... Embarassed ...irei tentar fazer melhores fotos.
Quanto à bracelete, não há dúvida de que é de muito má qualidade... se calhar era uma boa dica para dar ao fabricante... digo eu!
Quanto ao relógio, depois de o trazer no pulso há já alguns dias, o mecanismo do mesmo tem tendência para adiantar cerca de 30 a 45 segundos/dia, o que está dentro dos parâmetros do fabricante, mesmo que eu ache demais...
No resto é agradável. Um pormenor que não me parece muito conseguido e de fácil resolução é o ponteiro dos segundos ser ligeiramente menor do que o dos minutos, o que vai contra a corrente da generalidade dos fabricantes, parece-me.

Cumprimentos,
João Martinho


Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Qua Mar 06, 2013 3:06 pm

30/45 segundos? Não é um mecanismo suíço COSC mas é um bocado mais do que os meus Vostoks faziam/fazem. Mas também é uma questão de lhe dar tempo e o deixar assentar, em princípio ao fim de um mês esses tempos devem estar melhor.

Quanto à dica ao fabricante, eles devem ter toneladas delas. É universalmente reconhecido que as braceletes são horríveis... mas também estamos a falar de um relógio de mais ou menos €50... isso é para tirar e deitar fora logo mal chega. Na verdade, até é um bonus relativamente recente porque os Vostok antigamente (tempo da US e até talvez uns anos depois) vinham numa caixa de plástico sem bracelete ou correia, isso comprava-se depois.



Muitas e muitas alternativas para esse relógio, mas se a ideia é mantê-lo numa bracelete de aço, talvez uma destas funcione bem para si... custam é tanto ou mais que o relógio Twisted Evil





O bezel deste último é uma modificação. É do Dave Murphy no site WUS que faz bezels para os Vostoks que aceitam inserts da Seiko.

As braceletes de malha podem ser compradas aqui... http://www.strapcode.com/store/22mm-mesh-band-c-128.html?infoBox=1 mas o meu concelho é encomendar deste vendedor e nesta configuração: http://www.ebay.com/itm/22mm-Stainless-Steel-Diving-mesh-bracelet-DESIGN-END-/151004535392?pt=UK_Jewellery_Watches_WatchAccessories_SpareParts_SM&hash=item2328925a60
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Qua Mar 06, 2013 3:09 pm

Ah, e a questão da câmara... parece ser boa, o problema dessas fotos é o ponto onde ela esta a focar automaticamente. Em ambas, o ponto de foco não é o relógio mas o que está atrás. Não sei como funciona a sua, mas no meu telefone bastaria tocar na área do relógio e ele mudava o ponto focal para aí.
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Iloper em Qua Mar 06, 2013 6:22 pm

Sim caro Martinho

isso será um caso de colocar a MACRO ligada e estará resolvido
avatar
Iloper
Admin

Mensagens : 277
Data de inscrição : 05/11/2012

Ver perfil do usuário http://fazedoresdetempo.maisforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Qua Mar 06, 2013 10:00 pm

Boa noite a todos!

Quanto às fotos bem... vou tentar tirar umas melhores como é óbvio, mas, com o telemóvel... é para falar e enviar algumas sms´s... Crying or Very sad Crying or Very sad
Quanto às braceletes serem uma espécie de bónus... sinceramente não sabia! É curioso e ao mesmo tempo estranho...!
As ditas "mesh",(?) como nunca tive nenhuma, não tenho grande opinião, mas é uma hipótese a considerar...Por enquanto, vou-me contentar com uma de silicone "baratucha" mas muito confortável!!
Ah! e vou mantê-lo no pulso até o mecanismo rolar um pouco mais para ver se os "tempos" melhoram!
Mas é como disse: gosto muito do relógio, sabendo de antemão que não é um movimento suiço COSC ! Para precisão, tenho o Eco-drive Citizen ou o Certina DS e porque não dizê-lo, o Casio 91w !!!
Agradeço as opiniões dos Amigos!

Sinceros cumprimentos,
João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Qua Mar 06, 2013 10:39 pm

Ah, um Casio 91w... um clássico!!! Sabia que esse relógio teve um pico de vendas há cerca de 10 anos? A custa de uma celebridade!!



E não estou a brincar! Esgotaram no Reino Unido, sem as lojas perceberem muito bem porque...
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Iloper em Qua Mar 06, 2013 10:49 pm

Estranho esse diferencial de tempo. Dê-lhe mais tempo caro colega Martinho e vai ver que os fluidos ainda não descongelaram do frio Very Happy
avatar
Iloper
Admin

Mensagens : 277
Data de inscrição : 05/11/2012

Ver perfil do usuário http://fazedoresdetempo.maisforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Qui Mar 07, 2013 10:02 am

Bom dia a todos!

Bom, vamos por partes: Quanto á câmara, a mesma é do telemóvel, tem 3,2mp e, se bem me parece, não tem função MACRO. Já andei a explorar os menus da mesma e não encontro... Embarassed e logo eu que exploro qualquer mecanismo seja ele qual for e até tenho tirado algumas fotos bem tiradas!
Quanto ao Casio 91W é, sem sombra de dúvida um ícone! Não tinha conhecimento de ter esgotado em Inglaterra e ainda por cima por causa de tal celebridade! Shocked
Quanto ao Amphibia, vou "rodá-lo" durante uns tempos até o mecanismo "aquecer", "assentar" e entrar em velocidade de cruzeiro! Very Happy Very Happy
Bem, atenção: quando eu disse 30 a 45 s/dia, não fiz qualquer medição, foi mesmo só por estimativa muito pouco científica!!! Laughing Laughing Laughing Laughing

Cumprimentos,
João Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Kutusov em Qui Mar 07, 2013 8:00 pm

"Olhometro", portanto! Laughing Eu fico sempre espantado como há pessoas que conseguem dizer "o meu (qualquer relógio) faz +3s/dia, medi-o durante uma semana...". Bolas, eu ao fim de um dia já nem me lembrava que andava a medir o tempo de um relógio! Embarassed

Quanto ao macro da câmara, pode mesmo não ter. Se o ponto focal da lente é, por exemplo, 15 cms à frente dela, essa a distância mínima em que ela consegue focar. O meu tem o tal macro mas é um macro digital, a única coisa que faz é um zoom in da foto que tirou e pronto. Tive um HTC que tinha mesmo um modo macro girando um anel na lente. Isso mudava a configuração do foco das lentes e, por isso, permitia mesmo focar muito perto.

Os MPs de uma máquina... provavlmente já sabe isto, mas como é um erro comum... Isso só interessa em termos de tamanho de pixeis disponíveis quando se vai imprimir. Muita gente compra uma máquina de 11MP a julgar que isso quer dizer grande definição e não é (a menos que vá imprimir um outdoor...). A qualidade depende quase que exclusivamente da qualidade dos componentes ópticos (lentes, espelho, etc).
avatar
Kutusov

Mensagens : 172
Data de inscrição : 08/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Martinho em Qui Mar 07, 2013 8:37 pm

Olá a todos!

Pois é caro Kutusov, as minhas medições são mesmo a "olhómetro" Razz Razz Razz e nada mais que isso.
E concordo consigo quando diz que ao fim do dia nem se recorda que estava a medir o relógio!!! Eu é igualinho!! Very Happy Very Happy
Quanto à câmara que tenho utilizado, é isso, a distância minina focal deve ser algo aí para os 20/30 cm e não menos. Portanto, para tirar uma foto de muito perto, é normal que o objecto a ser fotografado fique desfocado... Isso só me faz ter algumas saudades da minha Canon Reflex a rolo 136... Neutral Neutral Mas assim é muito mais rápido!
Mas vou tentar, assim que tiver algum tempo, utilizar a câmara cá de casa que é um poquinho melhor que a do telemóvel.

Cumprimentos,
joão Martinho

Martinho

Mensagens : 122
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Marinha Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relógios de origem Russa: Que pensar?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum